Conheça a história do Colégio Agrícola de Barreiros

Conheça a história do Colégio Agrícola de Barreiros


A história do Colégio Agrícola de Barreiros inicia em 1923, quando o então presidente Artur Bernardes criou, o Patronato Agrícola Dr. João Antônio Coimbra, na Vila Tamandaré (hoje município), em Rio Formoso. 


                                                Foto: Divulgação



A inauguração foi em 05 de novembro do ano seguinte. Dez anos após, passou a se chamar Aprendizado Agrícola João Coimbra, oferecendo o curso de Iniciação Agrícola, que conferia ao estudante a formação de capataz rural. Em 1941, o Aprendizado Agrícola foi transferido para a Fazenda Sapé, em Barreiros. Em 1947, a instituição passou a se chamar Escola Agrícola João Coimbra. Além do curso de Iniciação Agrícola, passou a ofertar também Mestria Agrícola. Três anos mais tarde, uma nova mudança: a instituição passa a se chamar Escola Agrotécnica João Coimbra, somando aos cursos já oferecidos o de Técnico Agrícola.


 Os estudantes eram formados nas modalidades de agricultura, horticultura, zootecnia, prá- ticas veterinárias, indústrias agrícolas, laticínios e mecânica agrícola. Mais um Decreto, o nº 53.558, de 13/02/1964, modificou pela quinta vez o nome do local. Passava a se chamar Colégio Agrícola João Coimbra, com os cursos Ginasial Agrícola e Técnico Agrícola. Só em 1967 os formados na institui- ção passaram a ser denominados de técnicos agrícolas e a partir de 1968, as instituições de ensino agrícola passam a ser subordinadas ao Ministério da Educação. A denominação Escola Agrotécnica Federal de Barreiros (EAFB) foi estabelecida pelo Decreto nº 83.935, de 04/09/1979. A instituição foi transformada em autarquia federal em 1993, fi cando vinculada à então Secretaria do Ensino Médio e Tecnológico (SEMTEC) – que, por sua vez, vinha para substituir a extinta Coordenação Nacional de Ensino Agropecuário (COAGRI). 


Mais tarde, a SEMTEC passou a se chamar Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC). Em dezembro de 2008, 31 centros federais de educação tecnológica (Cefets), 75 unidades descentralizadas de ensino (Uneds), 7 escolas técnicas federais e 8 escolas vinculadas a universidades, além de 39 escolas agrotécnicas (entre as quais a antiga EAFB) deixaram de existir para formar os Institutos Federais de Educa- ção, Ciência e Tecnologia. Espalhados por todo o país, atendem a demanda por educação profi ssional e tecnológica. Passava a existir o IFPE campus Barreiros. Além de Barreiros, o IFPE tem outros oito campi espalhados por Pernambuco: Afogados da Ingazeira, Belo Jardim, Caruaru, Vitória de Santo Antão, Ipojuca, Recife, Pesqueira, Garanhuns e sendo implantado em Jaboatão, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Abreu e Lima.




                     ( Na foto, de 7 de setembro de 1972,alunos do Colégio Agrícola João  Coimbra no desfile da Independência  em Barreiros-PE )




Com Informações: Grande Litoral/Barreiros Esta é a Cidade 
COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

11 comentários:

  1. Sou da turma que formou em 1979. Fizemos história. Entramos em 1977 no Colégio Agrícola João Coimbra e pretendíamos nos formar como técnicos agrícola. No entanto, nos formamos em 1979 na Escola Agrotécnica Federal de Barreiros "João Coimbra" como técnicos em agropecuária. huhu! Que saudade, danada!

    ResponderExcluir
  2. Vulcano - PB.
    Sou Técnico em Agropecuária da Turma de 1991.Deixamos nossa marca registrada na Escola Agrotécnica Federal de Barreiros-PE. Saudades dos professores/servidores, alunos,refeitório, salas de aulas, alojamentos,setores,cidade,clube caiadores, gincanas, eventos esportivos,praias,sala de TV...

    ResponderExcluir
  3. ozeias - jaboatão -PE
    Sou da turma de 1990

    ResponderExcluir
  4. Sou da turma 1990 - Almir Porto Calvo

    ResponderExcluir
  5. Sou da turmar que se formou em 1989, atualmente estou em São Paulo (11) 98020-1940

    ResponderExcluir
  6. Sou da turma de 1968,Técnico Agrícola juntamente com mais seis companheiros amazonenses,hoje com saudades do saudoso Robson Farias,Danilo Fernandes(pesquisador do INPA),Antonio Fernandes(aposentado da EMATER-Am),Francisco Assis Vasconcelos,Francisco Assis(Odontólogo),Benjamim de Souza Mafra( Eng.Mecânico)... e o tempo passou.

    ResponderExcluir
  7. Sou julio cesar
    Sou da turma de 2007
    Ótimo artigo.

    ResponderExcluir
  8. Sou welson pedro da turma de 2010...

    ResponderExcluir
  9. Sou Jose carlos Vieira da Silva Turma 1982 a1984

    Achei otima a material.

    ResponderExcluir
  10. Sou da Turma de 1976. Meu nome Ivan Existe um grupo Whatsapp com o nome Ex-Alunos do Colegio Agricola. Administrador Adriao, numero 87-9888658738

    ResponderExcluir