Campus Barreiros lança campanha de sustentabilidade


Foi lançada, oficialmente, na quinta-feira (11), a campanha de sustentabilidade do IFPE-Campus Barreiros. Promovida pela Comissão de Sustentabilidade, a iniciativa visa criar uma consciência ambiental entre estudantes e servidores e, em curto prazo, reduzir o consumo de água, energia elétrica e papel no campus.
O anúncio foi feito pelo professor e presidente da Comissão, Júlio César, durante o encerramento da Semana do Meio Ambiente do IFPE-Campus Barreiros, nesta quinta-feira (11), que também contou com a participação do diretor geral do Campus Barreiros, Jorge Nascimento, e do diretor de ensino, Diego Paixão. Diante de um auditório lotado, o professor Júlio César destacou o sucesso do evento e apresentou a sistematização das atividades desenvolvidas com todas as turmas na terça-feira (9), relativas à construção de painéis coletivos com sugestões de medidas sustentáveis para o campus.
Ao todo, foram 1242 propostas, entre as quais estão: plantio de árvores nas nascentes e reaproveitamento da água; implantação de teto solar e melhor aproveitamento da energia natural; coleta seletiva, reciclagem e reutilização de resíduos orgânicos através de compostagem e biodigestor.
"O que vocês produziram vai ser o norte das ações da gente. Vamos trabalhar para que essas medidas sejam cumpridas efetivamente”, assegurou o presidente da comissão. Além das propostas, cartazes temáticos da campanha foram afixados em todas as salas de aula e demais espaços.
Uma reunião com docentes e técnico-administrativos está prevista para o dia 30 de junho, com o objetivo de coletar sugestões de médio e longo prazo. “O grande objetivo é começar a criar a consciência ambiental e de sustentabilidade dentro do campus, que é um campus agrícola, implantado numa área de mata atlântica”, destaca Júlio César.
PLANTIO DE MUDAS e TECNOLOGIAS ALTERNATIVAS
O último dia da Semana do Meio Ambiente do Campus Barreiros também contou com outras duas ações importantes: o plantio de mudas e a II Mostra de Tecnologias Alternativas para Agricultura.
Durante a manhã, um grupo de 40 estudantes, acompanhados pelos professores Júlio César, Ricardo Carneiro e Núbia Michella, realizaram uma trilha pela mata atlântica do campus e plantaram mudas de pau-brasil, ipê-amarelo, cupuaçu, amora preta e abacateiro às margens de uma nascente. "Saber cuidar é nossa essência no mundo. É importante aprender que a gente pode acreditar na transformação. Espero que, daqui, saiam técnicos em agropecuária mais sensíveis em relação ao meio ambiente", compartilhou a professora Núbia na ocasião.
Já a II Mostra de Tecnologias Alternativas para Agricultura aconteceu de forma simultânea no hall da Biblioteca Central. Dentro das atividades avaliativas da componente curricular "Gestão Tecnológica de Empreendimentos Solidários" e sob a coordenação do professor Rômulo Souza, estudantes do 4º período do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia expuseram algumas tecnologias, como hortas suspensas, composteira, biodecompositor, chocadeira, fossa biodigestora. Todas com a possibilidade de serem reproduzidas, com baixo custo, em casa ou em propriedades agrícolas.



COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário