Armas apreendidas em operações serão destruídas nesta quarta

Governo de Pernambuco vai inutilizar três mil armamentos, logo mais às 9h.
Ação será no 4º Batalhão de Polícia do Exército, no Curado, Zona Oeste.

     Neste ano, até o dia 30 de março, foram entregues em Pernambuco 175 armas (Foto: Polícia Federal / Divulgação)


O governo de Pernambuco vai destruir três mil armas de fogo, na manhã desta quarta-feira (6). Os armamentos foram apreendidos durante operações policiais realizadas no estado. A solenidade ocorrerá logo mais às 9h, no 4º Batalhão de Polícia do Exército, no Curado, Zona Oeste da capital pernambucana.
A operação, que faz parte das ações do Pacto pela Vida, foi comandada pela Polícia Civil de Pernambuco, por meioo do Comando de Operações e Recursos Especiais (CORE), fruto de um acordo de  Cooperação Técnica e Administrativa celebrado entre o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a Defensoria Pública e o Estado de Pernambuco.

Desarmamento

Em Pernambuco, 9.682 armas e 16.300 munições foram recolhidas desde o início da Campanha do Desarmamento, em maio de 2011. Os três tipos de armas mais entregues no estado são revólveres, espingardas e pistolas, já as munições de calibre 38 são as mais entregues, segundo o balanço divulgado pela Polícia Federal (PF) nesta quarta-feira (30).

No Recife, o posto da Polícia Federal recolheu 4.367 armas. Já as unidades da PF em Caruaru, no Agreste, e em Salgueiro, no Sertão, receberam, respectivamente, 762 e 827 armas. Ao todo, 22 postos da Polícia Militar (PM) no estado recolheram 1.854 armas, enquanto outras 1.231 foram entregues no posto itinerante da PM. Já o posto da Polícia Rodoviária Federal, no bairro do Pina, na Zona Sul da capital pernambucana, recebeu 641 armas. As armas arrecadadas na campanha são enviadas para o Exército para serem destruídas.

Até o dia 30 de março deste ano, Pernambuco recolheu 175 armas. Já no ano passado, foram recolhidas no estado 1.238 armas. Em todo o País, já foram entregues voluntariamente 649 mil armas, em 2.127 postos de coleta, e já foram pagos mais de R$ 12 milhões em indenizações.

Quem entrega voluntariamente as armas nos postos da campanha recebe indenizações que variam de R$ 150 a R$ 450, dependendo do calibre e do tipo. Também são recolhidas armas de brinquedo, artesanais ou de fabricação caseira, mas sem o pagamento de indenização. Segundo a PF, é preservado o anonimato e nenhum questionamento é feito durante a entrega das armas.


Do G1 PE

COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário