33ª fase da Lava Jato mira a Queiroz Galvão e cumpre mandados em Pernambuco e outros 5 Estados

As ações ocorrem nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Pernambuco e Minas Gerais


Policiais Federais cumprem nesta terça-feira mandados referentes à 33ª fase da Operação Lava Jato nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Pernambuco e Minas Gerais. A ação foi batizada de "Resta Um".

Ao todo, foram expedidos 32 mandados judiciais, sendo 2 de prisão temporária, 1 de prisão preventiva, seis de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento, e 23 de busca e apreensão. A atual etapa mira a participação da Construtora Queiroz Galvão no chamado cartel das empreiteiras.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a construtora formou com outras empresas um cartel de empreiteiras que participou ativamente de ajustes para fraudar licitações da Petrobras. Esse cartel aumentou os lucros das companhias privadas e causou prejuízos bilionários para a estatal.

O esquema funcionava através de pagamentos em favor de altos funcionários das diretorias de Serviços e de Abastecimento. Os valores eram pagos pelos executivos da Queiroz Galvão. As propinas se aproximam da cifra de R$ 10 milhões. As obras investigadas na atual fase englobam contratos em complexos petroquímicos no Rio de Janeiro, na Refinaria Abreu e Lima, Refinaria Vale do Paraíba, Refinaria Landulpho Alves e Refinaria Duque de Caxias.

As investigações do MPF apontam ainda que existem fortes indícios de que milhões de dólares em propinas foram transferidos em operações feitas por meio de contas secretas no exterior. Os pagamentos teriam sido feitos tanto pela Queiroz Galvão quanto pelo consórcio Quip.
COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário