Jovem com Síndrome de Down faz campanha para ajudar pessoas com câncer

Kaique quer vender lacres de latinhas e comprar perucas para doação. Rapaz começou campanha após sua tia ficar doente e perder os cabelos



O rapaz da foto acima se chama Kaique José, tem 22 anos e mora com a mãe em Belo Horizonte, Minas Gerais. Poderia ser mais uma história de superação de uma pessoa com Síndrome de Down, mas ele foi além.

O jovem é idealizador de uma campanha que começou pequena, a partir de esforços limitados, mas que, com a ajuda da internet, tomou novas proporções: Kaique junta lacres de latinhas de refrigerante e cerveja em garrafas pet para vendê-las e comprar perucas, que serão doadas a um hospital que trata câncer na capital mineira.

O começo 

"Kaique tinha um amigo, o Bryan, que vivia em cadeira de rodas e também tinha Síndrome de Down. A ideia de meu irmão surgiu quando ele ficou sabendo que era possível vender garrafas pet cheias de lacres de latinhas. Com o dinheiro, ele pretendia ajudar o amigo", conta Lays.

Infelizmente, a ajuda não foi possível. "O amigo acabou falecendo, uns três anos atrás, e Kaique ficou sem saber o que fazer com os lacres", lembra.

Durante a conversa com a reportagem do Diario, Lays enviou um áudio com a voz de Kaique. Com algumas limitações na fala, ele explica os motivos de ter começado a campanha. "Ô, Lays, eu fico com dó das pessoas que têm câncer. [...] Por isso, quero juntar as tampinhas e comprar os cabelos para as pessoas que têm câncer. [...] Também fiquei com dó da minha tia Adelaide. Aí estou fazendo essa campanha para doar o cabelo, tá? Fica com Deus, tchau".

DP

COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário