Saiba como ajudar as vítimas das chuvas em Pernambuco

Entidades públicas, ONGs e outros órgãos realizam coleta de donativos para as famílias que estão sem abrigo


Cerca de 30 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em 15 municípios de Pernambuco por conta das enchentes no Agreste e na Mata Sul, segundo o Governo de Pernambuco, que decretou estado de emergência. Entidades públicas, ONGs e outros órgãos realizam coleta de donativos para as famílias que estão sem abrigo.

O campus de Barreiros, na Mata Sul, do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) suspendeu as aulas por tempo indeterminado e liberou a estrutura para ajudar os moradores que ficaram sem moradia. Segundo o diretor geral do campus Barreiros, Adalberto Arruda, a quadra e outros espaços vão receber donativos para os desabrigados.

A ONG Novo Jeito arrecada, além de alimentos não perecíveis, colchões, roupas e água. No Recife, os donativos podem ser entregues no Posto Shell On Time, na avenida Conselheiro Rosa e Silva, no bairro do Rosarinho, na Zona Norte do Recife; no Porto Social, na rua Marquês de Amorim, no bairro da Ilha do Leite, na área Central do Recife; na Florense, na avenida Domingos Ferreira, no bairro de Boa Viagem, 4180, na Zona Sul; na A3 Design, na avenida Conselheiro Aguiar, 1576, no bairro de Boa Viagem, também na Zona Sul; e no Malakoff Café, na avenida Abdias de Carvalho, 1142, no Prado, na Zona Oeste. Já em Olinda, a ONG Novo Jeito arrecada donativos no Spa das Sobrancelhas, na avenida Carlos de Lima Cavalcanti, 2821, no bairro de Casa Caiada; Já em Jaboatão dos Guararapes, a ONG Novo Jeito arrecada doações no Espaço Cliente do Shopping Guararapes. 

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) arrecada, nesta segunda-feira (29), alimentos não-perecíveis, roupas, agasalhos e colchões nas sedes do órgão, na rua do Imperador Pedro II, 235, no bairro de Santo Antônio, na área Central do recife, da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (Caape), na rua Rui Calaça, 54, Espinheiro, na Zona Norte do Recife, e nas 25 subseccionais do Estado.

A Concessionária Rota do Atlântico, via expressa de acesso a Suape e ao Litoral Sul, lançou campanha de arrecadação para ajudar as famílias desabrigadas. Alimentos não 
perecíveis, água mineral, produtos

A Associação dos Magistrados de Pernambuco (Amepe) realiza campanha para arrecadar itens considerados mais urgentes - alimentos não-perecíveis, água mineral, roupas e colchões. As doações devem ser entregues, das 8h às 18h, nas sedes administrativas da entidade no Recife, que funcionam no Fórum Paula Batista (Rua na Rua do Imperador Dom Pedro II, 207, bairro de Santo Antônio, no Recife) e no térreo do Fórum Rodolfo Aureliano, na Joana Bezerra. A Amepe também arrecada donativos no Interior do Estado por meio dos seus coordenadores regionais, nos municípios de São José do Egito, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Garanhuns e Caruaru. No município de Rio Formoso, o recolhimento de donativos acontece no fórum da cidade, das 9h às 18h.

O Lubienska Centro Educacional inicia campanha para arrecadação de alimentos não perecíveis, roupas, agasalhos, colchões, produtos de higiene pessoal e água mineral para as vítimas das chuvas em Pernambuco. As doações podem ser entregues na secretaria da instituição, que fica na rua Paraguassu, número 255, no bairro da Torre. Informações: 3312-1444.

O Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro do Derby, na área Central do Recife, arrecadam água, alimentos não perecíveis e também os prontos para consumo (como biscoitos, bolachas e pão, por exemplo), produtos de limpeza e higiene. A entrega pode ser feita das 6h às 18h.

Em Palmares, um dos municípios atingidos pelas enchentes, a Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul (Famasul), localizada na BR-101, no quilômetro 186, no Campus Universitário, arrecada colchões, roupas, água e alimentos não perecíveis. A prefeitura do município decretou estado de emergência e as aulas foram suspensas. Pelo menos, oito escolas do município estão recebendo os desabrigados. 
 A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) iniciou uma campanha nesta segunda-feira (29) na qual municípios que não sofreram com a chuva se comprometem a apadrinhar municípios afetados, prestando assistência e levando doações. Aproximadamente, trinta mil pessoas estão desabrigadas por causa das chuvas. O posto de coleta para receber donativos foi montado na sede da instituição, localizada na Avenida Recife, 6205. Ao todo, dezenove municípios já entraram no Amupe Solidário e estão reunindo alimentos não perecíveis, sabonetes, pasta de dentes, roupas, lençóis, entre outros, para enviar aos locais com necessidade. 
A Universidade de Pernambuco (UPE) arrecada alimentos no campus de Palmares, na Mata Sul. São aceitos alimentos não perecíveis prontos para consumo (biscoito, bolachas, pão, leite em caixa, achocolatado, sucos, etc.), agasalhos, lençóis, colchões, água potável e material de higiene pessoal e limpeza. A partir desta segunda-feira (29), a Reitoria da UPE servirá como posto de coleta das doações, das 8h às 17h. A reitoria fica na avenida Agamenon Magalhães, no bairro de Santo Amaro.

O Sistema Fecomércio arrecada doações. A instituição irá receber colchões, água mineral, alimentos não-perecíveis, cestas básicas e roupas em bom estado de conservação. As doações poderão ser deixadas na sede provisória da Fecomércio, na rua do Sossego, 264, no bairro da Boa Vista, e nas unidades do Sesc e do Senac no Recife e no Interior, das 8h às 17h.

O Tacaruna está arrecadando donativos. Alimentos não perecíveis, colchões e roupas podem ser doados na Praça de Eventos. As doações podem ser feitas no horário de funcionamento do shopping: das 9h às 22h de segunda a sábado e das 12h às 20h, aos domingos.

Fonte: FolhaPE
COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário