Prefeito reduz próprio salário para enfrentar crise

A remuneração do vice-prefeito e dos secretários municipais também foi diminuída em 20%


Muitos políticos falam sobre soluções para enfrentar a crise, mas boa parte da população iria duvidar que os próprios seriam capazes de cortar do próprio salário para ajudar a diminuir os efeitos da situação crítica que diversos municípios brasileiros passam. Mas foi exatamente isso que o prefeito do município de Avelino Lopes, Dióstenes José Alves (PP), no Piauí, fez: reduziu 20% do seu salário.


A medida temporária, que foi publicada no Diario Oficial, também abrangeu o do vice-prefeito, bem como de todo o seu secretariado. De acordo com Dióstenes, foi preciso essa atitude para enfrentar a desaceleração da economia mundial e a diminuição das receitas da cidade.


Ele também disse que é preciso responsabilidade na gestão fiscal e afirmou que é preciso garantir “a continuidade dos atendimentos à comunidade com o uso racional dos recursos públicos em prol da sociedade”.


O prefeito ainda decretou a rescisão de contratos de trabalho e assessorias vinculadas à Secretaria Municipal de Administração e cortou a contratação de novos profissionais, exceto os necessários nos serviços essenciais. “Esperamos que a medida faça com que o município possa seguir honrando seus compromissos sem prejudicar os demais investimentos e ações que estão em andamento”, declarou.


Fonte: Leija
COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário