Moradores de Barreiros precisam sair do estado para sacar dinheiro após assalto

Bandidos incendiaram agência do Banco do Brasil de Barreiros, em 2015. Desde então, unidade não funciona para saques ou depósitos. Quem precisa viajar para tirar dinheiro acaba fazendo compras fora do município.

                               Moradores de Barreiros, na Mata Sul, reclamam de falta de banco por causa de arrombamento.


Após a onda de investidas criminosas contra bancos e instituições financeiras em Pernambuco, a rotina dos comerciantes de Barreiros, na Mata Sul, não tem sido a mesma. Eles se sentem prejudicados e reclamam da circulação de menos dinheiro na cidade, porque a agência do Banco do Brasil não está funcionando desde 2015, quando bandidos usaram explosivos e incendiaram os caixas eletrônicos do banco no município. Quem precisa ir a outra cidade para tirar dinheiro, acaba fazendo compras por lá mesmo.


A agência ficou destruída e voltou a funcionar parcialmente. Para ir ao banco, os moradores precisam cruzar a divisa do estado e ir à cidade de Maragogi, em Alagoas, que fica a 30 quilômetros de Barreiros.


Para a aposentada Maria José da Silva, ter que viajar para o simples ato de receber dinheiro é um transtorno que atrapalha a rotina. “Estávamos recebendo dinheiro nos Correios, mas a unidade foi assaltada. Passamos a ir para Tamandaré, que também foi assaltada, e agora temos que ir a Maragogi. Estamos sofrendo, tem que reforçar a segurança”, disse.


O que movimenta a economia de Barreiros e gera empregos é o comércio, mas os donos de loja dizem que o movimento teve redução, porque menos dinheiro está circulando na cidade. Em alguns estabelecimentos, o movimento caiu pela metade, porque os moradores tentam evitar os assaltos na estrada fazendo as compras na cidade em que sacaram o dinheiro.


A situação está desse jeito, porque a agência sofreu uma tentativa de arrombamento no dia 29 de setembro de 2015, quando assaltantes colocaram explosivos nos caixas eletrônicos. O roubo não deu certo, mas a agência pegou fogo e ficou completamente destruída. Desde que a agência foi reformada, o atendimento é parcial.


À TV Globo, um funcionário disse que o atendimento a população é apenas para tirar dúvidas, entrega de cartão, resolver alguma pendência. Ele disse, ainda, que não é possível fazer saque ou depósito, porque a agência não está autorizada a movimentar dinheiro e não tem previsão para voltar ao normal.


A assessoria de imprensa do Banco do Brasil afirmou que não há previsão para retorno das atividades na agência e disse ainda que os clientes podem realizar transações bancárias por meio de atendimento em bancos postais e na central telefônica, aplicativo ou site do banco. Os saques e consultas a saldos e extratos podem ser feitos nas casas lotéricas.


Sobre a falta de segurança nas estradas , a Polícia Militar disse que tem trabalhado no sentido de fortalecer o patrulhamento na área abordada pela reportagem, inclusive mantendo contato com a polícia de Alagoas, para identificar possíveis focos de criminalidade.


A PM informou, ainda, que a segurança é reforçada com a presença do Batalhão de Polícia Rodoviária nas estradas estaduais, a partir do posto fixo em Barreiros, e a realização de operações policiais no Litoral Sul, como a madrugada segura, que tenta combater ataques a agências bancárias e caixas eletrônicos.


A Polícia Militar explicou também que a presença policial se tornará ainda mais forte quando for instalada a companhia independente em Tamandaré, mas não informou quando isso vai acontecer.

Fonte: G1
COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário