Secretaria de Saúde alerta para aumento de casos de conjuntivite em PE


De acordo com a Secretaria de Saúde, o número de pessoas afetadas entre janeiro e março aumentou 351% em relação a 2017




A Secretaria Estadual de Saúde (SES) alertou para o aumento nos casos de conjuntivite em Pernambuco. Em uma das unidades de referência, o aumento de ocorrência de inflamação conjuntiva, de janeiro a de março de 2018, foi de 351% em comparação ao mesmo período de 2017.

A SES informou que foi comunicada do aumento pela Vigilância Epidemiológica e que está em contato com os serviços oftalmológicos de urgência para que eles fiquem vigilantes e comuniquem ao Estado qualquer mudança no padrão do atendimento. Confira dicas de prevenção e controle:


- Lavar com frequência, com água e sabão, as mãos e o rosto;


- Evitar coçar os olhos;


- Utilizar, quando possível, lenços e toalhas descartáveis e/ou individuais;


- Utilizar travesseiros individuais;


- Evitar o uso de objetos como copos, talheres e maquiagem de pessoas com conjuntivite;


- Evitar frequentar piscinas e também o uso de lentes de contato;


- Evitar frequentar locais com aglomerações, como escolas, creches e locais de trabalho ou clubes, quando acometido pela doença.


- Crianças com conjuntivite requerem cuidados especiais com higiene, principalmente das mãos. Devem ser afastadas de escolas, creches, etc.


- Evitar atividades de grupo, enquanto a secreção ocular estiver presente;


- Limpar as superfícies que foram tocadas por pessoas com conjuntivite com água e sabão e, posteriormente, com álcool a 70%.


Doença


A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular (o branco dos olhos) e o interior das pálpebras. Em geral, acomete os dois olhos, pode durar de uma semana a 15 dias e não costuma deixar sequelas.

As principais causas de conjuntivite são: alérgenos, traumas, irritação química e infecções por vírus, bactérias ou fungos, contudo as causas mais frequentes são as alérgicas, infecções por vírus e bactérias. Ela é mais frequente no período de verão, já que a disseminação é favorecida pelo calor e umidade.

A transmissão ocorre pelo contato direto com secreções oculares de pessoas infectadas e pela forma indireta, na qual o contágio ocorre por meio de objetos, superfícies e instrumentos contaminados. (equipamentos oftalmológicos, toalhas, travesseiros, lenços, lápis, copos, etc.).

Os principais sintomas são: hiperemia da conjuntiva (olhos vermelhos) e lacrimejamento; coceira, irritação e sensação de desconforto nos olhos; secreção purulenta ou esbranquiçada; pálpebras grudadas ao despertar; fotofobia e sensação de areia ou ciscos nos olhos.


Fonte: FolhaPE


COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. The disease of this kind entails the extremely unpleasant sensations. The conjunctivitis irritates the mucous membrane of the eye, which is very painful.

    ResponderExcluir