Vigilante é preso após tentar vender saxofone roubado do IFPE em Barreiros


De acordo com a Polícia Federal, homem passou por audiência de custódia e vai responder em liberdade.



Um vigilante foi detido pela Polícia Federal (PF) por tentar vender um saxofone furtado do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), em Barreiros, na Zona da Mata Sul. De acordo com a corporação, o homem colocou um anúncio em um site de compras na internet para comercializar o instrumento musical, que ainda estava com a numeração do patrimônio da União.

Autuado por receptação, o vigilante, que não teve o nome revelado, seguiu para a sede da Polícia Federal, na área central do Recife. Encaminhado para exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e para a audiência de custódia, o homem foi liberado e vai responder ao crime em liberdade, de acordo com a PF.

Ele poderá pegar de um a quatro anos de cadeia, de acordo com o artigo 180 do Código Penal. Como o crime envolve um patrimônio do governo federal, a penalidade é aplicada em dobro, segundo a PF.

Segundo a polícia, a prisão ocorreu no dia 20 de junho, quando agentes se passaram por compradores do saxofone e efetuaram o flagrante. No depoimento, o homem, que não tinha antecedentes criminais, alegou ter recebido o instrumento como pagamento de um empréstimo feito a um aluno do IFPE de Barreiros.




Um vigilante foi detido pela Polícia Federal (PF) por tentar vender um saxofone furtado do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), em Barreiros, na Zona da Mata Sul. De acordo com a corporação, o homem colocou um anúncio em um site de compras na internet para comercializar o instrumento musical, que ainda estava com a numeração do patrimônio da União.

Autuado por receptação, o vigilante, que não teve o nome revelado, seguiu para a sede da Polícia Federal, na área central do Recife. Encaminhado para exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e para a audiência de custódia, o homem foi liberado e vai responder ao crime em liberdade, de acordo com a PF.

Ele poderá pegar de um a quatro anos de cadeia, de acordo com o artigo 180 do Código Penal. Como o crime envolve um patrimônio do governo federal, a penalidade é aplicada em dobro, segundo a PF.

Segundo a polícia, a prisão ocorreu no dia 20 de junho, quando agentes se passaram por compradores do saxofone e efetuaram o flagrante. No depoimento, o homem, que não tinha antecedentes criminais, alegou ter recebido o instrumento como pagamento de um empréstimo feito a um aluno do IFPE de Barreiros.

Fotos: Polícia Federal/Divulgação

Fonte: G1

COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário