Hospital de Barreiros reabre Bloco Cirúrgico e amplia capacidade de atendimento


O Hospital Municipal de Barreiros Jailton Messias de Souza Albuquerque, construído pela “Operação Reconstrução” por conta das enchentes de 2010, está passando por um processo de reformulação, ampliando suas atividades ao máximo de sua capacidade instalada.
                     
“Além dos serviços de urgência/emergência e do incremento das especialidades multiprofissionais, serviços laboratoriais hospitalares, internamentos e procedimentos cirúrgicos serão realizados na Unidade, evitando que cidadãos barreirenses tenham que se deslocar até os centros de referências para seus tratamentos. Até Dezembro deste ano deveremos extinguir nossas filas de espera de cirurgias gerais e reduzir por volta de setenta por cento as transferências dos nossos pacientes” falou o secretário municipal de saúde Elídio Moura.


Os serviços serão introduzidos de forma gradual, tendo no planejamento das ações a base das movimentações. As cirurgias iniciam dia nesta Terça-feira(02/10), e permanecem de forma continuada.

“A saúde é uma das prioridades de nosso governo. Vamos incrementar nossos serviços no hospital e evitar ao máximo que nosso povo tenha que sair da cidade para se tratar, aumentando ainda mais seus sofrimentos”, falou o Prefeito Elimário Farias.


Fonte: Blog Ponto de Vista

COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

  1. Mas que na hora. Pelo menos uma coisa boa,antes de sair do mandato.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria muito de ser crédulo, mas depois das palavras do 'PREFEITO", sem comentários. Sei que o bloco cirúrgico está aberto, graças a Deus, mas não como o secretário fala, muito menos como tenta fazer parte o "PREFEITO", todos nós sabemos do descaso com nossa saúde municipal. DEUS salve nossa cidade, e que toda essa mídia não seja só nesse período de campanha política.

    ResponderExcluir