Corpo encontrado em Ribeirão é mesmo de menina desaparecida

O corpo de Maria Irlaine não estava enterrado, apenas coberto por folhas, e próximo ao local onde o padrasto foi achado enforcado.


O delegado do Cabo de Santo Agostinho, Mamedes Xavier, confirmou que o corpo de uma criança encontrado neste sábado (15), em Ribeirão, é mesmo da menina Maria Irlaine Dantas da Silva,de 10 anos. A família fez o reconhecimento do corpo no Instituto de Medicina Legal (IML) agora a noite.

“Familiares identificaram uma pintura que a criança fez na unha de um dos pés, com o desenho de uma borboleta, o que facilitou a identificação”, explicou o delegado Mamede. O delegado informou ainda que não foi confirmado como a criança foi morta e nem se houve algum tipo de violência sexual. Exames que serão feitos até a próxima semana vão apontar a causa da morte.

O corpo de Maria Irlaine não estava enterrado, apenas coberto por folhas, e próximo ao local onde o padrasto foi achado na semana passada.

Entenda o caso

Mais cedo foi encontrado, neste sábado (15), um corpo de uma criança, de aparentemente 10 anos, em estado de decomposição, no município de Ribeirão, na Mata Sul de Pernambuco. A Polícia, acredita que o corpo encontrado seja o da garota que foi sequestrada pelo próprio padrasto no último dia 10. Em contato com o delegado responsável pelas investigações, Mamedes Xavier, via telefone, ele informou à TV Jornal que "O corpo encontrado foi o de uma criança e, dadas as circunstâncias, tudo leva a crer que seja o da menina que foi sequestrada recentemente. Mas, não podemos afirmar nada ainda. Contudo, a família fará o reconhecimento do corpo para certificar se é a menina ou não", declarou.

Uma menina de 10 anos desapareceu, na última segunda-feira (10), no bairro da Charnequinha, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. De acordo com o delegado Mamedes Xavier, titular da delegacia da cidade, menina Maria Irlaine Dantas foi levada de casa pelo padrasto, José Carlos da Silva, 41 anos. Após um relacionamento de dois anos, o homem e a mãe da criança estavam se separando e ele saiu da casa, alegando que iria procurar outro imóvel para morar, levando a criança e não retornou mais. O homem foi encontrado morto nesta quinta-feira (13).

A mãe da menina, Iraneide de Lourdes Dantas de Oliveira, registrou o desaparecimento na terça-feira (13), na delegacia do Cabo, após José Carlos entrar em contato pela última vez, prometendo que entregaria a menina no dia seguinte. A partir daí, ele não fez mais nenhum contato com a família. Nesta quinta-feira (13), o corpo do homem foi encontrado em pendurado em uma ponte na BR-101, em Ribeirão, Mata Sul de Pernambuco, e a suspeita é que ele tenha cometido suicídio.

“Ele não aceitou o fim do relacionamento e tinha o ultimato de sair de casa na segunda, por isso sequestrou a enteada”, explicou o delegado. Nesta quinta-feira (13), o corpo de José Carlos foi encontrado, após cometer suicídio, no município de Ribeirão, Zona da Mata Sul do Estado. A criança continua desaparecida.


Fonte: TV Jornal

COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário