Alunos temem cobrança da Prefeitura de Maragogi de R$ 100,00 por transporte

Muitos cogitam deixar o ensino superior por conta da taxa.


O sonho de cursar o nível superior está se transformando em frustração para muitos universitários maragogienses. Os estudantes estão temendo que a Prefeitura de Maragogi faça uma cobrança de R$ 100,00 mensais por aluno para utilizar o transporte para as cidades de Maceió e Palmares – PE. Uma reunião com os representantes e coordenadoria de Transporte foi feita nesta quarta-feira (23) para explicar a situação e o valor deve ser pago a partir de 1º de fevereiro de 2019.

O intuito da gestão municipal frustrou os sonhos de muitos jovens. Alguns alegam que não vão ter condições de arcar com essa despesa a mais no orçamento acadêmico. Serão no máximo 150 estudantes cadastrados para a capital alagoana (três ônibus) e um ônibus para os alunos que estudam na cidade da Mata Sul de Pernambuco.

Os alunos iniciam a jornada para estudar às 15h da tarde quando esperam o transporte e muitas vezes só chegam voltam a Maragogi de madrugada (geralmente estão em casa de 0h40 da madrugada). Muitos levam o lanche nas marmitas de casa (por não ter condições de comprar em Maceió e Palmares). São alunos que pagam cursos caros e bolsistas. Eles dizem R$ 100,00 a mais de despesa no fim do mês vai fazer falta. Alguns cogitam desistir de estudar.

Um universitário que preferiu manter o anonimato disse que a situação é de tensão. “Muitos estão tristes porque vão ter que desistir de estudar. Os pais não têm condições de pagar a faculdade, comprar alimentos, material escolar e agora essa taxa. Será o fim de um sonho para muitos”, lamentou.

O coordenador de Transportes de Maragogi, Manoel Lira teve uma reunião nesta quarta-feira com representantes universitários de Maceió e já deu o aviso da nova medida que será adotada a partir do dia 1º de fevereiro. Ele afirmou também que a prefeitura não dispõe de recurso específico para o transporte universitário.

Manoel Lira explicou a situação. “Ano passado nós conseguimos arcar com as despesas do transporte universitário no limite. Esse ano resolvemos criar essa taxa. Conversamos com os representantes dos alunos de Maceió para explicar a situação e amanhã teremos uma conversa com os representantes de Palmares. Para a cobrança ser fixada, falta apenas o aval do prefeito Sérgio Lira”, frisou o coordenador de Transportes.

O prefeito Fernando Sérgio Lira Neto (PP) confirmou a cobrança. "Nós temos uma despesa de R$ 35.000,00 mensais com o transporte universitário, o que fica em R$ 400.000,00 ao ano. A prefeitura não tem a obrigação com transporte universitário. Quem não pagar, não vai usar o transporte. Se dividir, fica R$ 25 reais por semana, ou seja fica apenas R$ 5,00 ida e vinda, o dia. Só de táxi uma passagem custa R$ 40,00. Já está decidido: quem não pagar a taxa, não vai utilizar o transporte", afirmou.

Fonte: 7 Segundos


COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário