Barreirense General Silva e Luna no comando da Itaipu Binacional

Ele foi o primeiro militar a ocupar o cargo de ministro da Defesa, no governo Michel Temer. Governo Bolsonaro pretende colocar militares em postos de comando das estatais.


O Barreirense e ex-ministro da Defesa Joaquim Silva e Luna foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar o cargo de diretor-geral da de Itaipu Binacional, hidrelétrica responsável por 17% da energia consumida no Brasil e 76% da demanda paraguaia.

A nomeação de Joaquim Silva e Luna para a direção de Itaipu faz parte da estratégia do governo Bolsonaro de colocar militares em postos de comando das estatais.

Segundo ele, o cargo é "estratégico para o Brasil e requer uma boa bagagem de experiência em gestão".

De acordo com Silva e Luna, o convite para ocupar o posto foi feito no mesmo dia em que transmitiu o cargo de ministro da Defesa para o general Fernando Azevedo.

“Mantive a discrição. Tenho tido reuniões constantes no Ministério das Minas e Energia”, afirmou.

No último dia de governo, em 31 de dezembro, o ex-presidente Michel Temer nomeou o ex-ministro Carlos Marun para o conselho de Itaipu.

A nomeação enfrentou resistência entre integrantes do governo Bolsonaro, mas o atual presidente decidiu manter Marun na vaga de conselheiro.

Perfil

Natural de Barreiros (PE), o general Silva e Luna nasceu em 29 de dezembro de 1949 (69 anos de idade).

General da reserva do Exército, Joaquim Silva e Luna foi o primeiro militar a exercer o cargo de ministro da Defesa, no governo do ex-presidente Michel Temer.

Ele tem pós-graduação em Política, Estratégia e Alta Administração do Exército pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Também é pós-graduado, pela Universidade de Brasília, em Projetos e Análise de Sistemas.

Durante a carreira no Exército, Silva e Luna comandou o 6º Batalhão de Engenharia de Construção (1996-1998), em Boa Vista (RR), e a 16ª Brigada de Infantaria de Selva (2002-2004), em Tefé (AM).

Em Brasília, foi diretor de patrimônio (2004-2006), chefe do gabinete do comandante do Exército (2007-2011) e chefe do Estado-Maior do Exército (2011-2014).

Também participou da Missão Militar Brasileira de Instrução no Paraguai e atuou como adido em Israel de 1999 a 2001.





COMPARTILHE NO GOOGLE+

About Barreiros Esta é a Cidade

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário